Filme de cineasta de Piracicaba terá exibição gratuita no Museu Prudente de Moraes NotíciasSem categoria

O Museu Prudente de Moraes exibe na próxima sexta-feira, 11, às 19h, o filme “Seventeen: a apoteose apocalíptica da estupidez humana”, dirigido pelo arquiteto e cineasta de Piracicaba, Lauro Pinotti. A sessão compõe o projeto “Todas as Artes Integradas pelo Cinema”, contemplado pelo ProAc Municípios, com financiamento do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Prefeitura de Piracicaba, Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo, Fundo de Apoio à Cultura e Conselho Municipal de Políticas Culturais. A entrada é gratuita.

A atividade está inserida no sarau “Cinema, humor e mau humor”, que contará com bate-papo com o diretor após a exibição. O longa-metragem, de 114 minutos, produzido em 2014, apresenta uma reflexão por meio do ponto de vista da mente confusa e conturbada de uma jovem de 17 anos, que tem pressa de produzir um filme perfeito, ao mesmo tempo em que um ataque terrorista em Paris mata cinco desenhistas do jornal Charlie Hebdo.

image description

Essa é a primeira exibição de quatro filmes de Pinotti, que acontecerão sempre às 19h, no Museu Prudente de Moraes, ao longo das próximas sextas-feiras, integrando, em todas as ocasiões, saraus com bate-papos com Pinotti. No próximo dia 18, será apresentado “Suíte Moonlight: um ponto de vista na escuridão”. No dia 25, a atração será “La Vie em Rose”. Já em 01 de novembro, será exibido “Babel/Babilônia”, filme que encerra o projeto.

MATERIAIS GRÁFICOS – Lauro Pinotti é, ainda, autor do livro “A Aventura de Fazer Cinema com Recursos Mínimos” e da cartilha “Todas as Artes Integradas pelo Cinema”. Ambos os materiais compõem o projeto viabilizado por meio do ProAc Municípios e têm como objetivo evidenciar a iniciativa intitulada “Minha Hollywood é aqui”, que teve seus primeiros passos em 1985 e atingiu seu ápice entre os anos de 2010 e 2017, quando se estabeleceu como um movimento cultural, por meio do qual foram produzidos doze filmes narrativos de longa metragem.

Por se tratar de uma cidade do interior, distante dos grandes centros e sistemas nacionais de produção, esse movimento cultural realizado aqui merece um grande destaque, ao envolver artistas, técnicos e amantes do cinema”, afirma Lauro Pinotti.

Há versões digitais dos materiais disponíveis para download no site oficial do projeto, além de uma versão fonada da cartilha, disponível no Youtube, voltada a deficientes visuais. O endereço virtual é lauropinotti.com.br

EXPOSIÇÃO – Está aberta no Museu Prudente de Moraes exposição que reúne os storylines dos filmes produzidos pelo movimento. “Trata-se de uma forma de trazer à tona o processo de criação, em um formato de mostra, que possibilita a visualização do público de uma forma geral”, explica Pinotti.

Tags: CinemaProacprojeto

Voltar