Piracicaba recebe Festival Black House financiado pelo ProAC NotíciasSem categoria

O festival Black House está chegando! No dia 12 de outubro, a Casa do Hip Hop de Piracicaba será palco de uma grande reunião da cultura hip hop e programação com DJs, oficinas, batalha de MCs, concurso, desfiles, exposições e palestras. A realização é da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e Secretaria da Ação Cultural e Turismo (SemacTur), por meio de recursos do ProAC Municípios 2019, Fundo de Apoio à Cultura e Conselho Municipal de Política Cultural (ComCult). O evento gratuito, acontece das 13h às 22h para jovens e adolescentes.

O Black House é um festival idealizado por Camila Fernanda Rodrigues e Sabrina Alessandra Rodrigues, que possibilita a participação de artistas locais e da região, para que possam trocar ideias, experiências e contatos com grandes referências do movimento hip hop. O evento apoiado por Ubirajara Barros Sabino, presidente da Casa do Hip Hop, contará com a participação especial dos artistas DJ Cia, conhecido por ser um dos integrantes do grupo paulista RZO; Preta Rara, rapper, turbanista, historiadora e modelo; e Gabb Cabo Verde, dançarina e professora de afro house.

Será uma programação agradável e inesquecível para todas as pessoas que participarem. Trata-se de um evento único, com baixa probabilidade de ocorrer algo similiar na cidade”, comentam as idealizadoras.

Durante o festival serão realizadas atividades voltadas à temática do hip hop em diversos aspectos, tais como oficinas de diferentes estilos de dança (breakdance, locking, popping, krump, charme, dancehall e afro house); palestras informativas; oficina de grafite; oficina de DJ; exposição de fotografias; desfile de moda; batalhas de dança (freestyle); batalha de Mcs e apresentação de Djs.

Conhecimento e aprendizagem dos elementos artísticos da dança e da cultura hip hop também serão abordados, com o objetivo de desmistificar a visão negativa que o hip hop possui na sociedade, e apresentá-lo como ferramenta de aprendizagem, cultura e inclusão social.

A espaço cultural foi escolhido por ser um local de movimento e fortalecimento da cultura do hip hop. “Acreditamos que ações como esta, contribuem para a quebra de inúmeros preconceitos enraizados a respeito de tal cultura; por isso, vamos utilizar de ferramentas de aprendizagem e abordagem, à diversidade e inclusão social”.

Programação:

13h – Oficina de Grafite, com Alefe

Oficina de DJ

Oficina de Charme, com Zeca Johnes

14h – Oficina de Krump, com Guilherme Pereira

15h – Oficina de Afro House, com Gabb Cabo Verde

16h – Oficina de Dança Urbana, com Gabi Quartieri

17h – Palestra “A cultura do hip hop como forma de inlcusão social”, com Preta Rara

18h – Batalha de Dança – mediador: Guilherme Pereira

Jurados: Gabi Quartieri, Gabb Cabo Verde e Zeca Johnes

18h – Batalha de Mcs, com Samuel (integrante do Batalha Central)

19h – Desfile coletivo Beleza Preta

20h – Apresentação de Samba Rock (prof. Jean Carlos)

Apresentação de Dança Urbana (grupo de dança da Casa do Hip Hop)

Baile Black (DJs Du Kalifa Lima, Renan e Cia)

Tags: Black HousefestivalProac

Voltar