Pontos MIS traz Eles não usam black-tie neste sábado, 25/7 Notícias

Todo sábado, o programa Pontos MIS – bate-papo de cinema traz uma exibição de filme on-line seguida por bate-papo ao vivo no canal do Museu da Imagem e do Som, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo. No dia 25 de julho, o público confere o premiado longa Eles não usam black-tie, dirigido por Leon Hirszman, que se passa na São Paulo de 1980 durante a efervescência dos movimentos grevistas que lutavam contra práticas exploradoras.

Para assistir gratuitamente ao filme, que será exibido às 15h30, basta preencher um cadastro no link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfGQbB01OSaiJU06lA8V0xsgd94ZtEzMmokYSV5j4eAmr82Vw/closedform. Já o bate-papo ao vivo no canal do MIS no YouTube, às 18h contará com as presenças da jornalista, crítica de arte e curadora Maria Hirszman e do professor de cinema e diretor Reinaldo Cardenuto Filho, com mediação do artista e professor Eduardo Bordinhon.

No longa, os jovens operários Tião e Maria decidem se casar ao saber da gravidez de Maria. Otávio, pai de Tião e ex-preso político da ditadura, é um militante sindical que organiza um dos movimentos grevistas que eclode no período. Esta greve divide a categoria metalúrgica, inclusive Tião, que, preocupado com o início de sua família e temendo perder o emprego, fura a greve, entrando em conflito com seu pai, Otávio. O filme foi ganhador do prêmio FIPRESCI e do Grande Prêmio Especial do Júri no Festival de Veneza de 1981 e do Prêmio Especial do Júri no Festival de Cannes.

Sobre os debatedores

Eduardo Bordinhon (MEDIADOR) – É artista e professor, trabalha com teatro – estéticas contemporâneas e intervenções urbanas ou site specific – e audiovisual – sobretudo com processos analógicos, com os quais investiga relações de tempo, memória e trabalho. É doutorando em Multimeios e mestre em Artes da Cena pela Unicamp, onde é membro do Grupo de Estudos sobre o Ator no Audiovisual, pesquisando, além de interpretação e direção, estéticas do ator no cinema.

Maria Hirszman – É jornalista, crítica de artes e curadora. Atua na área de artes visuais desde 1996, tendo trabalhado na editoria de Variedades, do Jornal da Tarde, e no Caderno 2, do Estado de S. Paulo. É pesquisadora em história da arte, com mestrado pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).

Atualmente leciona história da arte na Facamp (Faculdade de Campinas, colabora com a revista Arte!Brasileiros e dedica-se ao desenvolvimento de projetos curatoriais em diferentes espaços culturais paulistas.

Reinaldo Cardenuto Filho – Professor Adjunto do Departamento de Cinema e Vídeo da Universidade Federal Fluminense (UFF), é graduado em jornalismo (PUC-SP) e em Ciências Sociais (FFLCH-USP). Doutor em Meios e Processos Audiovisuais pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, defendeu em 2014 a tese O cinema político de Leon Hirszman (1976-1981): engajamento e resistência durante o regime militar brasileiro,

pela qual recebeu três premiações. Em 2016, dirigiu o seu terceiro documentário, “Entre imagens (intervalos)”, premiado como o melhor curta-metragem no VII Festival Internacional Cinema de Fronteira. No mesmo ano, foi curador da exposição “Antonio Benetazzo, permanências do sensível”, que resultou na publicação de um livro homônimo. Integrante do corpo editorial da revista Significação, foi professor da Fundação Armando Alvares Penteado (de 2007 a 2018), além de docente temporário na ECA-USP (de 2017 a 2018).

Pontos MIS

O Pontos MIS é um programa de formação e difusão cultural com atuação em todo o Estado de São Paulo, realizado pelo MIS em parceria com prefeituras locais. Com filmes, oficinas práticas e palestras, o programa tem como objetivo formar novos públicos para o cinema brasileiro e internacional não comercial. Durante a contenção da Covid-19, a programação acontece virtualmente nos canais do MIS.

Sobre o #MISemCASA

A campanha #MISemCASA traz novos conteúdos em diferentes formatos em todas as plataformas digitais do MIS. Diariamente, o canal do Museu no YouTube apresenta conteúdos de seu acervo, além de programações que já aconteciam no Museu e agora passam a ser realizadas digitalmente, como o #CineCiência e o Ciclo de Cinema e Psicanálise. O público também pode conferir novas programações como o Cinema de Acervo, mostra semanal inédita com uma seleção de filmes brasileiros que integram o Acervo do MIS e o Bate-papo de Cinema Pontos MIS.

O #MISemCASA acontece em conjunto com o #Culturaemcasa, criada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado no dia 18 de março, após a suspensão do funcionamento de seus espaços culturais e programas em decorrência da Covid-19. A ação tem como objetivo estimular o distanciamento social por meio da ampliação do acesso e da oferta de conteúdos virtuais das instituições, corpos artísticos e programas do Estado. Conheça a ação #Culturaemcasa: cultura.sp.gov.br/culturaemcasa/.

SERVIÇO – Pontos MIS exibe Eles não usam black-tie. Sábado, 25 de julho. Exibição: 15h30 (via inscrição prévia). Bate-papo ao vivo com o público no Canal do Museu no YouTube às 18h.

Tags: CinemaculturafilmerMISemcasaPontos MIS

Voltar