Seguem obras do fosso operístico no Teatro Losso Netto Notícias

Os serviços de revestimento acústico do fosso operístico do Teatro Municipal Dr. Losso Netto estão em pleno andamento, complementando o trabalho anteriormente iniciado. O fosso permitirá a apresentação de óperas, balé e musicais em espaço adequado e com completa acústica. A empresa vencedora do certame foi a Home Ready Engenharia Eirelli. O investimento total é de R$ 108 mil.

Funcionários trabalhando na instalação do assoalho

Os serviços compreendem o fornecimento e instalação de painel refletente, composto por estrutura revestida de compensado, proteção de fogo retardante, nicho e fechamento da lateral esquerda e paredes curvas; execução de 33,20 m2 de forro acústico com estrutura em madeira, revestimento em tecido e proteção de tratamento anti-chamas; além da elevação do piso na altura de 20 e 40 cm, com instalação de assoalho, conforme padrão existente no elevador da orquestra.

“O fosso operístico permitirá às apresentações, a utilização do palco para disposição de cenário, deixando o “andar de baixo” para outros personagens, de modo a não atrapalhar a visibilidade do público e a acústica”, explica a secretária da Ação Cultural e Turismo, Rosângela Camolese.

A inauguração oficial do fosso está prevista para o dia 28 de março, com a apresentação da Orquestra Sinfônica de Piracicaba – OSP e bailarinos da Cia. Estável de Dança de Piracicaba (Cedan).

Funcionários instalando painéis que absorvem e refletem o som

O teatro Losso Netto tem recebido desde a sua reabertura, pessoas de toda a região. Em 2019, 68.805 pessoas assistiram a espetáculos ou participaram de atividades da casa. “Percebemos que pelo menos 30% da plateia é composta por pessoas de cidades vizinhas que adquirem ingressos via internet. Este é o caso dos concertos da Orquestra Sinfônica e de outras apresentações que chamam a atenção do público. Acredito que com a finalização dos serviços do fosso, teremos ainda mais procura”, disse a diretora do teatro municipal, Heloísa Guerrini.

As atividades da casa de espetáculos serão abertas ao público a partir da segunda quinzena de fevereiro, com grandes produções já em sondagem. Vários nomes como Priscila Fantin, Tarcisio Meira, Marcos Caruso, Zélia Duncan, Cláudia Raia e Juca de Oliveira podem integrar a programação do Losso Netto ao longo deste ano. A programação pode ser acompanhada no www.semactur.piracicaba.sp.gov.br.

Durante o mês de janeiro e início de fevereiro, o teatro permanece fechado para serviços de manutenção, limpeza e dedetização.

Tags: FossoobraTeatro

Voltar